18 de novembro de 2010

Do crescimento e afins


Adorei a fase da adolescência!,
os meus sentimentos para quem aturou essa fase
...

Desde o primeiro amor e das paixões assolapadas até às crises de hormonas e de choro e dos dramas de ninguém-gosta-de-mim-a-vida-é-injusta-oh-meu-Deus-e-coisas-assim houve de tudo. Ainda agora morro de rir com as coisas que escrevia nos diários.

Mas crescer traz imensas vantagens, as coisas deixam de nos afectar da mesma maneira. Aprendemos a criar um murro entre nós e o mundo para as coisas insignificantes não nos afectarem. Aprendemos sobretudo a relativizar os problemas e isso só pode ser positivo.
Gosto da fase em que estou...

16 comentários:

Anónimo disse...

Aceito os teus Sentimentos =P
haha

Cada fase da nossa vida tem os seus pontos altos e baixos, temos é que saber viver com eles. =)
André

MRPereira disse...

Eu diria que mais importante de gostares da fase em que estás é gostares de quem és, de quem te tornaste e do caminho que escolheste para ti. Eu penso nisso muitas vezes. Normalmente gosto. Mas há dias em que coloco algumas questões a mim mesmo acerca do futuro que a minha vida leva!

Desde que estejas bem, isso é o mais importante!

Kiss kiss

Nokas disse...

Quanto mais cresço mais gosto!! Mas há momentos em que gostava de voltar à infância :)

mariana fernandes disse...

eu sou adolescente, e também gosto. não temos tantas responsabilidades, nem tantas preocupações. podemos viver os momentos que, de certa forma, parecem estúpidos perante os adultos. É a altura do experimentar, arriscar, etc. E gosto. Até porque sou tão forte que é difícil me magoarem

M. disse...

Também gosto da fase em que estás...lol

Mas ...olha que tenho saudade dessa adolescência...do só contra o mundo... Não da comiseração...mas do desafio...

Confesso: de vez em quando faço um regresso...Nem que breve...

Gabriela... disse...

Crescer para mim foi a coisa mais maravilhosa da vida.
Adolescência nunca mais, foi das poucas fases que vi que podia não sobreviver...
Há 2 coisas que fiquei a odiar e ter medo de morte na vida: adolescência e tirar a carta. NUNCA MAIS!
Adoro ser trintona e vou adorar ainda mais ser quarentona!
Jinho,
Gaby

...Ju... disse...

eu nao registei esses dramas domesticos em diários! ficam na memoria! ;)

Ana Gonçalves disse...

quem me dera a mim já ter saido dessa fase, era fantástico!
Estou anciosa para começar a trabalhar!

Nokas* disse...

Hoje ao ler o teu post, identifiquei.me com tudo. Tens toda a razão quando dizes que ao crescer relativizamos as coisas, fazemos uma pré-selecção do que realmente é importante para nós. E sabe bem crescer assim :)

Marta disse...

eu estou na adloscencia e ha coisas que nao tem piada nenhuma lol
mas e bom olhar para tras e vermos que crescemos, principalmente sentirmos que ha coisas que nos afectavam e que agora e nos completamente indiferentes. somos superiores.
beijinhos

B. Cérise disse...

Eua não fiquei a adorar a adolescência, mas também não foi um sacrifício. Tive os meus dias bons, e também aqueles que tinha aquelas neuras absolutamente horríveis que parecia que tudo e todos estavam contra mim!
Felizmente já vou a meio caminho para os trinta e acho que apesar de muitas vezes ainda não me sentir com esta idade, é muito bom ter mais maturidade e ganhar experiência em várias áreas da minha vida!
E também gosto cada vez mais de mim:) Isso também é muito importante para a minha sanidade mental!

'Mimi disse...

Claro que há dias em que me apetecia voltar para a idade em que pintar com os dedos, com meia batata ou com o pincel eram as minhas grandes escolhas.

Há dias em que olho para o meu irmão, acabadinho de entrar na adolescência e me apetecia ir para o 9º ano com todas as crises que isso trazia em vez de ir trabalhar.

Mas a maioria dos dias gosto da pessoa que sou, do que fui construindo e daquilo pelo qual vou batalhando todos os dias ;)

Anónimo disse...

Hum...existem duas coisas importantes... crescer para ser...e ser para crescer...tens ai o equilibrio que procuras...
Pedro
Bj

PA disse...

Viver é isso tudo... boa aprendizagem!
Fico por cá.

Sissy disse...

A fase da adolescência é sempre boa... mas complicada.
Agora olhando para trás, apetece-me rir...;)

Beijooo***

Anónimo disse...

Eu ainda te apanhei nessa fase por isso agradeço os sentimentos.lool.
Quanto ao resto... Muita terapia chamada patricia ajudou a esse teu lado zen agora boa?!
Nao é preciso agradeçeres basta um cheque!lol
Esperemos q essa fase dure =)
Bjnhs querida
pat*