1 de outubro de 2012

A culpa não pode ser minha


Isto de estar desempregada não pode ser só culpa minha.Tenho concorrido a trabalhos dentro e fora da minha área. Comunicação, lojas, balcões, o que aparecer que ao fim do mês faz falta entrar alguma coisa na conta. 

Mas de que é que isso me vale se depois vou a uma entrevista de trabalho e quem fica com o trabalho é a menina que procurou o NIB na carta de condução?!

Mãe, fazias-me burrinha e menos bonita e já estava empregada! Isso ou eu começo a concorrer trabalhos que não tenham cunha. Sei lá, às tantas é capaz de resultar.


10 comentários:

Green disse...

Há coisas que por mais que tentemos, não conseguimos perceber, mas infelizmente é mesmo assim.

Catarina Águas disse...

nunca desistas!

Palavra Já Perdida disse...

LOL
como é que é possível...santa mãe!

Jo disse...

Força!

cereja disse...

Oh God.. Well, Mimi, estamos na mesma como a lesma.

Janny disse...

e hoje em dia há trabalhos onde não haja cunhas? É que infelizmente parece-me que não :S

siceramente disse...

Onde andas a procurar? Está complicado para muita gente :S

'Mimi disse...

siceramente eu acho que já não há muito onde procurar. Já estou registada no centro de emprego, procuro online, nos sites das próprias empresas, candidaturas livres...

maçã disse...

Está tudo viciada, são raros os trabalhos que não é por cunha... Mas não desistas, hás de conseguir!

xx
maçã
www.vidanopomar.blogspot.pt

Misa disse...

Estou na mesma luta. Procura na área e fora da área, centro de emprego, resposta a anúncios e candidaturas espontâneas... Esse bailado todo que tão bem conhecemos =\