13 de agosto de 2009

A arte de fazer as malas


Adorava ter a capacidade de arrumar malas de viagem. Não fui dotada de tal sabedoria.
Vou fazer mais uns dias de férias. E lá não há rede para a internet.
O que é uma chatice, porque parecendo que não, é nas aldeias que as coisas mais bizarras acontecem...
Enfim, assim que possível haverá actualizações. Entretanto, As mulheres de meu pai e O carteirista que fugiu a tempo vão fazer-me companhia nas idas à piscina. :)


E se alguém perguntar, metade das sandálias são da minha amiga imaginária. Juro!

3 comentários:

Hyndra disse...

LOLOL tb naomsei fazer malas, apetece-me levar tudo e depois nao tenho tempo para nada.

leva um bloco de apontamentos, assim podes rabuscar qualquer coisa se te apetecer!

André disse...

Hey Mimi, também queria ter sido dotado dessa arte. Infelizmente não fui iluminado para tal tarefa. Ahahah. ; D É uma espécie de martírio para mim realizar malas de viagem. : | Quero desejar-te então umas óptimas férias. Aproveita ao máximo, esse dias, e desfruta da aldeia e das suas coisas peculiares.

Cá espero ansioso por essas actualizações. ; D

E sim, a leitura no verão, é indispensável. (:

Beijinho * ; D

'Mimi disse...

Eu bem ando com o computador atrás e a máquina fotográfica não vá acontecer algo mesmo importante...
Mas não está nada fácil